top of page

Experiência do consumidor, cheirinho de guaraná e playlist de sabão em pó


Experiência do consumidor, cheirinho de guaraná e playlist de sabão em pó

Assim cantavam Alvarenga e Ranchinho: “Moda que não sai da moda é a moda das ‘invenção’”. Coitado do prestador de serviço ou daquele que está na luta para vender seus produtos. O mercado evoluiu. O serviço pode ser bom e o produto milagroso, mas, se não oferecerem a tal da experiência, perderão o lugar para a concorrência.


É que agora é assim. Empresa de refrigerante faz parceria com a de cosméticos e os produtos de beleza passam a ter cheirinho de guaraná. A gigante farmacêutica se associa ao docinho famoso e desenvolve um protetor labial com aroma de bala. O sabão em pó se junta ao streaming e lança uma linha de produtos inspirada em gêneros musicais. Parcerias até então improváveis arrecadam milhões e viram sucesso. A collab, que é uma parceria estratégica entre marcas, empresas ou indivíduos para promover suas respectivas ofertas, virou tendência.


Não comprei nenhum destes produtos e não sei se continuam disponíveis. Mas posso dizer que, dos exemplos citados, talvez eu adquira somente o sabão em pó. É que eu gosto muito de música. O protetor labial eu não compraria nem como presente para minha esposa. Ela não gosta de refrigerante e também não é chegada em doce. E outra coisa, ela já tem um gloss “diferentão” em casa. É aquele com ácido Hialurônico. Ela diz que já se acostumou, que não sente nada, mas o efeito em mim foi devastador. Esses dias me beijou com aquilo nos lábios, e os beijos dela, que sempre foram doces, pareciam estar besuntados com “Chora Negão”, uma pimenta que experimentei em Pernambuco, capaz de fazer um adulto chorar, literalmente.


O sabão eu compraria, quer dizer, depende da playlist. Se tiver modão no estilo de Alvarenga e Ranchinho eu adquiro. Ou talvez um frevo pernambucano. Até mesmo a mistura de sons do Manguebeat. Estes e talvez alguns outros valem a pena. Mesmo assim ainda fica uma questão. Como a gente vive essa experiência de sabão em pó e ritmo? Sertanejo vai deixar que cheiro nas minhas roupas? Pop faz mais espuma? Pagode rende mais? Me expliquem isso aí, final de semana eu vou às compras.

bottom of page